MaaS e a transformação digital do Transporte Público
Transporte / 24/09/2019

O MaaS – Mobilidade como serviço é herói ou vilão em relação a transformação digital do transporte público? A resposta não é simples pois depende da capacidade de alinhar as metas de resultados das empresas participantes com o interesse público, neste caso representado pelas autoridades e operadores locais de transporte público. Sendo assim é provável que essas partes tenham objetivos conflitantes. Portanto, há um alto risco de conflitos. O MaaS tem como um dos seus principais objetivos o de motivar as pessoas a abandonar seus carros e, em vez disso, mudar para serviços de mobilidade mais eficientes. Com maior eficiência nos deslocamentos, o MaaS então reduzirá custos, congestionamentos, poluição do ar, ruído, acidentes, melhorando a mobilidade e liberando novos espaços urbanos atualmente ocupados por estacionamentos. O que na primeira avaliação poderia gerar um efeito muito positivo para o transporte público. Porém, para as empresas privadas participantes, os benefícios acima mencionados são de natureza secundária, pois como todas as empresas, elas precisam lucrar para sobreviver no mercado – ou ainda precisam atingir metas agressivas de crescimento e participação de mercado, quando são alavancadas por capital de risco. Já os operadores de transporte público (OTP) estão acostumados a uma situação monopolista e agora tem seus mercados…